II TESSALONICENSES

SÍNTESE

O portador da primeira epístola aos Tessalonicenses trouxe a Paulo notícias referentes ao crescimento espiritual dos crentes. Paulo sentiu-se profundamente consolado com o relatório. Além disso, o relatório apresentado ao apóstolo dizia que um ensino errôneo, atribuído a Paulo, já havia chegado a Tessalônica por meio de uma carta falsificada ou devido a informações orais ou escritas tratando de seu ensino. Alguns sustentavam que as tribulações e perseguições que eles sofriam eram as tribulações do dia do Senhor, e em conseqüência disso haviam sido excluídos da transladação, ou então Paulo havia comunicado ensinos errôneos (I Tessalonicenses 4:13 - 5:10). Paulo escreve-lhes a segunda epístola para felicitá-los por seu crescimento espiritual (1:3, 4); para consolá-los em suas perseguições (1:5-10); para transmitir-lhes a informação correta e acalmar os temores acerca do dia do Senhor (2:1-12); e para corrigir a conduta desordenada na igreja (3:6-15).

AUTOR

Pela semelhança das condições nas duas epístolas, chega-se à conclusão de que o apóstolo Paulo escreveu a segunda epístola pouco depois da primeira, provavelmente dentro de um período de poucos meses. Foi escrita de Corinto no ano 51 d.C.

J. Dwight Pentecost
Doutor em Teologia

VOLTAR